@trans("lk.skipToMain")

ReInvent

Co-Financiado por: CeNTI-Co-Financiado por

Tendo em vista a evolução para uma sociedade pós-petróleo, a declaração da Comissão Europeia de 13 de fevereiro de 2012 “Innovating for Sustainable Growth: A Bioeconomy for Europe”, e em particular o seu Plano de Ação nesta matéria, visa integrar de forma mais eficaz os setores de produção e processamento de biomassa por forma a harmonizar as questões da segurança alimentar, a escassez de recursos naturais e as metas ambientais com a utilização da biomassa para fins industriais e de produção de energia. Entre outros setores, as indústrias da construção e automóvel apresentam um elevado potencial de implementação das estratégias Europeias para a Bioeconomia em termos do uso mais eficiente da biomassa disponível e de sub-produtos industriais com vista ao desenvolvimento de produtos de valor acrescentado de base natural. O projeto ReInvent pretende responder a este desafio pela valorização de diferentes resíduos agro-florestais e sub-produtos das biorrefinarias para o desenvolvimento de materiais de isolamento térmico e acústico para substituição dos produtos de poliuretano (PU) convencionais derivados do petróleo, usados na construção de edifícios e na fabricação de componentes de interior (espumas) para automóveis. Neste projeto serão desenvolvidos biopolióis, fibras e nanocristais de celulose e outras nanopartículas funcionais para a produção de:

i) Novas espumas rígidas de base natural, produzidas por moldação e para aplicação por spray, para o setor da construção – ex: compósitos para plataformas de pontes, espumas para isolamento de edifícios e isolantes térmicos tipo sandwich;

ii) Novas espumas flexíveis e semi-rígidas para a indústria automóvel – ex: sub-camadas para tejadilho, painel de instrumentos e assento de automóvel.

Estes produtos serão validados tendo em conta as suas propriedades melhoradas, sustentabilidade do processo de manufatura e custo de produção, e comparados com os produtos convencionais atualmente utilizados no setor automóvel e da construção, respetivamente. Para garantir a sustentabilidade dos bio-produtos a desenvolver, o projeto terá em conta a implementação de tecnologias de reciclagem inovadoras e com menor impacto económico e ambiental.

O projeto tem como
objetivos principais:

O projeto ReInvent tem como objetivo desenvolver nanocompósitos reforçados com materiais celulares e fibras de base natural e sustentáveis para as indústrias da construção e automóvel. Estes novos materiais combinarão diferentes propriedades como elevada capacidade de isolamento térmico e desempenho mecânico, e novas funcionalidades como baixa densidade (“lightweight”), retardância à chama, isolamento acústico, elevada hidrofobicidade e termoestabilidade, propriedades antifúngicas e anti-biocorrosão. Os materiais a desenvolver para o interior automóvel apresentarão, para além destas características, outras funcionalidades estéticas e conforto térmico/sensação ao toque melhorado. As especificações técnicas dos materiais multifuncionais serão adaptadas às aplicações específicas, i.e. para o setor da construção serão desenvolvidos painéis isolantes, espumas para aplicação por spray e tubagens com pré-isolamento, e para o setor automóvel revestimentos para assentos, tejadilho e painel de instrumentos.

CeNTI-O projeto tem como objetivos principais:

Duração do Projeto: Junho 2018 a Maio de 2022

Custo elegível: 6,525,275.00 €

Apoio da União Europeia: EU H2020/BBI JU – 6,525,275.00 €

Região de Intervenção:  n.a

Promotor e Co-promotores

Para utilizar os nossos serviços tem que aceitar a nossa política de privacidade.
Política de Privacidade |