CeNTI -

Saúde & Bem-estar

SM4S

SM4S

Safety Materials for Shoes

De acordo com a situação epidemiológica provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, os locais de acesso ao público em geral, como serviços de saúde ou comércio, podem contribuir para a transmissão direta/indireta do vírus. O chão dos estabelecimentos de atendimento ao público representa um veículo de contágio e, por consequência, as solas do calçado em contacto com este podem também ser um veículo de transmissão.

O projeto SM4S – Safety Materials for Shoes visa o desenvolvimento de solas para calçado com propriedades antivíricas, de modo a diminuir o risco de contágio e permitir uma maior segurança aos utilizadores. A solução proposta consiste na aditivação de um ou mais constituintes da reação do poliuretano com agentes antivirais, sem alteração das propriedades intrínsecas do material final, nomeadamente nas suas características mecânicas.

A aditivação de solas de calçado com agentes antivirais reduz as condições propícias à sobrevivência do vírus nestas superfícies. Desta forma, menor será a probabilidade destes meios funcionarem como transporte viral ativo entre locais de acesso ao público geral, contribuindo assim para diminuição do risco de contágio e permitindo uma maior segurança aos utilizadores.

SM4S

Objetivos Principais/Atividades

Desenvolvimento de solas de calçado, de base Poliuretano (PU), com propriedades antivirais, com o propósito de impedir que o calçado seja um meio de transporte de vírus em locais de acesso generalizado. Desta forma, pretende-se oferecer solas antivíricas capazes de ajudar no combate à atual situação pandémica, por aditivação das matérias-primas, utilizadas na reação do poliuretano com agentes ativos, sem alteração das propriedades intrínsecas das mesmas.
 

Resultados

Dos desenvolvimentos do projeto SM4S resultarão soluções de calçado (solas) com propriedades antivirais, facto de importante relevância no contexto atual da pandemia, mas também transversal a outros contextos de propagação viral e bacteriana. Após o projeto, a ROPAR poderá incorporar nas suas diversas linhas de calçado, as solas aditivadas com componentes antivíricos.
 

Número do Projeto

POCI-01-02B7-FEDER-068501

Medida

SI I&DT Empresarial – Copromoção

Duração do projeto

agosto de 2020 a fevereiro de 2021

Região de intervenção

Norte de Portugal

Data de aprovação

01 de julho de 2020

Apoio financeiro UE

FEDER – 122 793,53 €

Custo elegível

153 491,91 €

Com o apoio de:

Promotores

A'RCOPEDICO
CeNTI – Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes

Parceiros

INEB-Instituto Nacional de Engenharia Biomédica
2CA-Braga